NETWORKING: ser feliz e ser generoso!

Quando pensamos sobre networking, automaticamente pensamos em aumentar a nossa capacidade de exponencializar os relacionamentos, com a finalidade de fazermos negócios e crescer a lucratividade das nossas empresas, certo?

Certo!

É importante entender que ao passo que trabalhamos melhor a nossa realidade de contatos, podemos fazer mais negócios, sim, porém precisamos entender que praticar networking vai além da questão de ganhar mais dinheiro!

Quando atuamos de maneira positiva com a nossa rede de contatos e prezamos por um relacionamento significativo, podemos entender que os benefícios do networking podem ser classificados em tangíveis e intangíveis.

Quando falamos em benefícios tangíveis no networking, fica óbvio que é o crescimento financeiro das nossas empresas, assim como, o aumento da lucratividade nos negócios.

Mas, zelar por um bom networking é entender a concepção do valor desta prática!

Eu sempre costumo dizer que o benefício tangível – financeiro – é a consequência de um processo, bem elaborado, estruturado, planejado e cuidado!

Porém, é necessário entender que networking consiste em você desenvolver duas capacidades essenciais: ser mais feliz criando conexões com significado e praticar a sua generosidade.

Atualmente muito se tem falado em felicidade, sobretudo, nas relações corporativas.

Empresas têm aberto espaço para a discussão de propósito e felicidade no trabalho e o resultado dessas atividades têm sido palpáveis, do ponto de vista da formação de um clima organizacional mais favorável, da liderança junto às equipes, ocasionado maior produtividade e pertencimento das pessoas nas organizações, assim como a automotivação, a busca pelo sentido de se fazer o que faz e ter coragem e ânimo para trabalhar todos os dias.

No networking isso não é diferente!

A felicidade é algo constante para um bom networker, pois ao participar de um movimento como esse, ficamos felizes em conectar pessoas, apoiar empreendedores e empresários, empresas, ideias e negócios e ficamos realizados quando esses encontros geram rendas.

Sim, ser um networker de verdade é conseguir ficar feliz, em sua essência, mesmo em um contexto empresarial tão agressivo, individualista e egoísta, pelo simples fato de outras pessoas estarem ganhando dinheiro e buscando prosperidade em seus negócios.

E o caminho para encontrar essa felicidade está associada a ideia de sermos generosos.

O networking está intrinsicamente ligado à generosidade e quando a gente pratica networking, nos tornamos praticantes da generosidade!

Se pararmos para pensar, rapidamente, sobre a concepção da história da humanidade, nos deparamos com a nossa incrível capacidade de colaborar e sermos generosos e esse processo foi fundamental para chegar até aqui.

Ao passo que unificamos a nossa linguagem para melhorar a nossa comunicação, nos unimos enquanto tribos para organizar o nosso crescimento, entendemos a importância da “construção” do dinheiro para facilitar o comércio, a criação dos códigos religiosos e jurídicos, a própria revolução científica e industrial, nenhum desses avanços para o mundo, seriam possíveis sem a colaboração!

Historicamente falando, a sociedade humana progrediu, se desenvolveu pela colaboração e essa ideia nos traz para um lugar de uma profunda reflexão sobre: o quanto temos sido generosos em nossa prática diária, sobretudo, em nossas relações empresariais e comerciais?

Na Rede Kai, esse espaço de segurança e confiança é aberto para que os membros possam desenvolver a felicidade e a generosidade dentro de uma ótica empresarial.

Pare agora para pensar nas pessoas que sempre foram mais reticentes em colaborar com as demais pessoas, aquele seu colega da escola, amigo da faculdade, gestor ou chefe, aquele conhecido que você fez um curso… Isso mesmo, essas pessoas que nunca se importaram em ajudar ninguém, onde é que elas estão?

E, nessa mesma linha de raciocínio, pense em alguma pessoa que você admira muito pelo profissionalismo ou até mesmo um artista, uma celebridade, um escritor, empresário ou empreendedor.  Pessoas que na sua concepção alcançaram sucesso em suas atividades, sem entrar na discussão do critério sucesso, mas pessoas que encontraram prosperidade e reconhecimento em seu mercado ou segmento.

Faz sentido para você que praticar generosidade? Traz mais efetividade para o seu crescimento?

Quando pensamos em networking e olhamos para a história, percebemos que os modelos de negócios que tiveram mais dificuldades para compreender a importância da colaboração, como efetiva para acompanhar os avanços da sociedade, ficaram para trás, à mingua, encontrando dificuldades onde, sozinhos, ficam impossibilitados de desenvolvimento e crescimento. Você ainda se lembra das locadoras de filmes (blockbuster)? É um exemplo de empresas que não souberam aproveitaram do networking para se atualizar e reinventar seu modelo de negócio com apoio da sua rede de relacionamento.

“Os empreendedores e empresários que alcançaram reconhecimento e sucesso, ao longo de suas histórias, estão diretamente ligados à prática da colaboração!”

E quando olhamos com mais cuidado para essas pessoas que alcançaram o sucesso, notamos que elas estão envolvidas com uma vasta diversidade de contatos que as auxiliam em seu desenvolvimento, sejam eles: advogados, nutricionistas, coachs, médicos, dentistas, fotógrafos, produtores, contabilistas, consultores etc.

Dessa forma: “A sua capacidade de se relacionar com as pessoas e por meio disso, praticar a generosidade é sem dúvida a maior maneira de você alcançar os seus objetivos e os seus ideais.”

Aqui na Rede Kai, damos a devida importância para empresários que buscam a felicidade e são generosos em sua essência. O apoio profissional que oferecemos leva em consideração estar envolvido com outros especialistas, empresários e empreendedores, se colocando à disposição do grupo para promover ajuda mútua.

Entendemos que ninguém sabe de todas as coisas e que é uma grande ilusão, enquanto empresários e empreendedores, dominarmos todas as linhas de trabalho. Essa é a magia que encontramos no networking profissional. Primeiro, entender que eu não preciso dominar tudo e me angustiar com essa falta de conhecimento. Segundo, saber que eu tenho na minha rede, especialistas que poderão me auxiliar em quaisquer dificuldades, de maneira mais assertiva e focada.

A segurança do nosso trabalho, nesse contexto de felicidade, generosidade e envolvimento com um grupo de especialistas que se apoiam mutuamente, é sim a garantia do sucesso para as nossas empresas, especialmente em um momento tão desafiador, de crise para o mundo.

Por fim, empreendedor ou empresário, saiba de uma coisa: você não precisa estar sozinho, você não precisa saber de tudo, você precisa estar associado a um grupo de profissionais que são especialistas, que buscam diariamente a felicidade e fazem isso por meio da pratica da generosidade.

Estamos na Rede Kai, praticando networking com propósito e aprendendo a cada dia, como podemos nos apoiar e crescer juntos!

Por Kalil Lucena, sócio-fundador da Rede Kai – Networking com Propósito

Leave a Reply

× Como posso te ajudar?